#UniversoAbrafad

Os medicamentos de prescrição mais vendidos

Levantamento do portal Pharmaceutical Technology revela os dez medicamentos de prescrição mais comercializados no mundo, com base na receita. Confira a relação completa:

1° HUMIRA

O medicamento da Abbvie representou aproximadamente 61% da receita líquida total da empresa em 2018. O medicamento auxilia no tratamento de várias doenças autoimunes, incluindo artrite reumatoide e artrite psoriática.

2° ELIQUIS

Desenvolvido e comercializado em conjunto pela Bristol-Myers Squibb e pela Pfizer, o anticoagulante oral registrou, em um ano, crescimento de 36% nas vendas líquidas. A patente norte-americana está prevista para expirar em 2023.

3°REVLIMID

O medicamento da Celgene, é indicado para tratar mieloma múltiplo, síndromes mielodisplásicas e linfoma.

4°KEYTRUDA

Fabricado pela MSD, é indicado para o tratamento de 11 tipos de câncer. A droga perderá a patente em 2028 nos Estados Unidos e na Europa, assim como em 2032 no Japão.

5°ENBREL

Lançado pela Amgen em 1998 e voltado ao tratamento de artrites, é comercializado no Japão pela Pfizer em parceria com a Takeda. Múltiplas patentes norte-americanas expirarão em 2019, 2023, 2028 e 2029. A Sandoz, divisão de genéricos da Novartis, já está em busca da comercialização de uma versão biossimilar no mercado dos EUA.

6°HERCEPTIN

Produzido pela Roche para quem sofre de câncer de mama metastático e câncer gástrico. Quatro biossimilares já foram aprovados e a patente norte-americana vai expirar em 2019.

7°AVASTIN

Também desenvolvido pela Roche, é indicado para tratar câncer avançado de pulmão, colo-retal, renal, cervical e ovariano. A patente nos Estados Unidos acabou de ser encerrada.

8°EYLEA

Resultante de um desenvolvimento conjunto entre a Regeneron e a Bayer, é utilizado em pacientes com problemas oftalmológicos. A proteção de patentes acaba em 2020 nos Estados Unidos e em 2022 na Europa.

9°OPDIVO

Medicamento voltado à imunoterapia e concebido pela Bristol-Myers Squibb, com foco no tratamento de 12 tipos de câncer. Ficará sem patente na Europa em 2026 e em 2027 nos Estados Unidos.

10°XARELTO

Produzido pela Bayer e pela Johnson & Johnson (J&J), é o único anticoagulante oral aprovado nos Estados Unidos e na Europa para combater a doença arterial coronariana. A patente está prevista para expirar em 2024, expondo-a à concorrência de genéricos.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Rua Loefgren 1304 - sala 41 - Vila Clementino - São Paulo - SP / CEP 04040-003

ABRAFAD